Como ler livros... Quando a sua vida depende de leituras

Como disse no post passado, desde 2014 minha vida foi quase exclusivamente acadêmica (com a pesquisa começando um ano depois). E isso acarretou na perda de algo que, quando adolescente, eu gostava muito: ler.

Mas calma, vamos voltar um pouco. Quando ingressei no curso de História já tinha uma trajetória muito bem definida na minha cabeça. Eu ia seguir carreira acadêmica, com iniciação científica, mestrado e assim por diante. Cursos de História tendem a possuir uma das cargas de leitura mais pesadas que tem por aí. Pelo menos na minha universidade a gente costumava ler por volta de 100, 200 páginas por semana para as aulas, sem contar o que a gente precisava ler pros trabalhos, pesquisa etc. As vezes era umas 70 páginas só pra uma aula (e nem me deixe começar a falar sobre escrever, fica aí a ideia de outro post, se o assunto interessar vocês). Agora, eu sei o que vocês estão pensando:

– Pra uma pessoa que gosta de ler, 100 páginas é bolinho! Nem sei do que você tá reclamando, Lu.

Pessoal, não era fácil! Pensem aqui comigo: nem sempre eram livros divertidos, sobre assuntos que eu gosto. Nenhum era ficção e as vezes eles nem sequer estavam em português. Quando estavam era uma linguagem mais rebuscada, acadêmica. E também não era só ler, a gente precisa fazer anotações, gravar o que o autor está dizendo e de quebra criticar, opinar em cima do que ele diz.

Alguns livros que li nos últimos anos, diretamente retirados do meu Instagram.

Bom, como resultado dessa rotina, aos finais de semana e nos momentos de folga fui perdendo o interesse em leitura recreativa. Quando você passa todo dia com um texto embaixo do braço, fica enjoada. Tive colegas que nem filme com legenda conseguiam assistir, de tão cansados. Desde o começo da faculdade minhas leituras diminuíram muito: era um, no máximo dois livros por ano (os acadêmicos por outro lado eram cinco, seis).

E isso me deixou triste. Na verdade fiquei mais triste ainda agora que concluí o curso e pensei: "Agora eu vou ler todos os livros que ficaram lá na estante todos esses anos!". Mas leitura, boa leitura, vem com prática. E eu perdi a prática da leitura por diversão. Estou voltando lentamente. No momento meu objetivo é ler todos os dias, nem que sejam só duas páginas. Também estou procurando reencontrar meu estilo. Todo mundo tem um gênero favorito. Eu sempre fui bem eclética, gosto de tudo um pouco. Mas quero achar aquele "especial" pra me empolgar e voltar a ler com frequência de novo.

Eu sei que o título desse post dá a entender que vou dar um milhão de dicas incríveis aqui. Mas na verdade ele está mais pra uma pergunta. Aceito dicas dos bookworms (as pessoas ainda dizem isso?) que visitam esse bloguinho.
32 comentários em "Como ler livros... Quando a sua vida depende de leituras"
  1. Amei o post. As leituas acadêmicas são as piores pq não podemos escolher. Na época da faculdade eu nem lia livros, dai fui perdendo o interesse e parei de vez. Estou voltando agora que comprei um kindle e vai facilitar mais
    Quando eu quero engatar nas leituras, leio algo do Sidney Sheldon e volto a ler muito rs
    Beijos
    www.dearlytay.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também amo os livros do Sidney Sheldon, Tay! Uma leitura divertida e fácil (:

      Abraços

      Excluir
  2. Eu confesso que ultimamente não tenho lido muito....

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  3. Olá, Luiza.
    Eu não consigo não me imaginar lendo. Mas também não estou na sua situação. Esses dias atrás estava conversando com um amigo sobre isso. Ele está lendo tantos livros de faculdade que disse que estava com saudades de ler por prazer. É uma situação bem complicada.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu era assim, Sil, vivia com um livro embaixo do braço! Mas aos poucos estou voltando a ler com frequência (:

      Abraços

      Excluir
  4. Te entendo! Mas eu na verdade não lia muito e quando comecei a faculdade comecei a ter mais interesse em ler de tudo, porém teve uma época que li exclusivamente coisas para a faculdade para fazer o TCC. E por mais que a gente goste do nosso curso, o conteúdo fica maçante com o tempo. Espero que consiga voltar a ler bastante.

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Thais! E vamos combinar que não é tuuuudo que gostamos no nosso curso não é mesmo? Tem sempre aquele conteúdo mais chato que precisamos aprender!

      Excluir
  5. Nossa, nunca me senti tão representada em um post como esse. Antes de entrar na faculdade, em 2013, eu lia bastantinho até. Estava sempre comprando livros e os lia muuito rápido e parei completamente após o início do curso. Eu também tinha uma carga absurda de leitura para as cadeiras, no início até me prestava a ler todos os textos, mas depois fiquei tão exausta que vivi só na base da leitura dinâmica.
    Defendi meu TCC em julho (ou agosto, não lembro direito kk) e ainda não consegui retomar esse hábito. Há alguns meses eu peguei um livro que já tinha lido e comecei a ler de novo, mas não durou muito, já parei :( Infelizmente também estou tentando descobrir como encontrar o prazer na leitura recreativa de novo... se descobrir antes, conta pra gente haha

    um beijo,
    gabi ramalho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sorte pra nós, Gabi! Eu nunca peguei o jeito da leitura dinâmica acredita? Aí o meu truque era dividir os textos com os colegas, cada um lia um pouquinho e fazia um fichamento que era compartilhado com os demais... as vezes dava certo, hahaha!

      Excluir
  6. Aceito com certeza!
    www.achatadebatom.com

    ResponderExcluir
  7. Quando fiz faculdade de administração, e mais tarde no curso de moda, eu tive que ler alguns livros bem difíceis, com linguagem acadêmica e chatinhos. Mas, eu acho que vc está indo bem lendo pelo menos um pouco todo dia e procurando pelo seu gênero favorito, por que eu só peguei mesmo gosto pela leitura depois que encontrei os livros de suspense e me apaixonei *-*
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livros de suspense são tudo de bom, Leslie! Bom eu sou suspeita, gosto de tudo um pouco, haha!

      Excluir
  8. Caramba, é muita coisa pra ler né? E eu que já cogitei fazer História e odeio ler? Hahaha ainda bem que nem tentei.
    Mas nossa admiro quem estuda muito assim e logo você já vai se ver lendo vários livros apenas por diversão! :)

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valéria me deparei com vários colegas que odiavam ler e estavam no curso comigo! Eles tiveram momentos difíceis no curso, ao ler os textos de aula e tudo o mais, hahaha!

      Excluir
  9. Também perdi o ritmo de leitura esse ano. Dois anos atrás eu lia 50, até livros bem longos. Mas esse ano devo ter lido uns 5, ou menos.
    Tenta recomeçar com um livro de um autor favorito, ou até mesmo um livro preferido que foi divertido de ler no passado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna, foi exatamente o que eu fiz, peguei um livro que ainda não tinha lido, mas de um autor que conheço e gosto bastante. Está dando certo!

      Excluir
  10. Ler é questão de hábito, quanto mais você ler, mais vai querer devorar o próximo.
    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem toda razão, Lulu! Comecei a ler um livro e agora já estou pensando no próximo!

      Excluir
  11. Preciso pegar firme nas leituras no ano que vem.
    Ótimo post.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Estava conversando sobre isso ontem mesmo...
    Eu lia muuuito, mas com a faculdade esse hábito mudou e ainda não consegui recuperar tão bem. Algumas vezes me empolgo com algum livro, mas nem sempre essa empolgação dura rs
    Também acho que não tenho grandes dicas para retomar o hábito, acho que somente praticando mesmo.
    bjs

    Blog Lua Soares | Instagram Me segue lá <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A faculdade muda muito nossos hábitos de vida, né Lua? E quando terminamos ela precisamos nos re-adaptar tudo de novo!

      Excluir
  13. Lu, eu te entendo super bem. Amo ler mas, quando somos obrigados a ler algumas coisas que não estamos com vontade a leitura não flui e podemos empacar em outras futuras leituras.
    Fico feliz que tenha se saído bem na faculdade, muitas vezes precisamos desacelerar em alguns pontos para poder concluir outros.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem razão, Vanessa! Com o tempo colecionei leituras não concluídas por precisar arrastar outras menos interessantes!

      Abraços

      Excluir
  14. Ah, eu também passei por essa fase na graduação e na pós. Eu já lia TANTO que nas horas vagas não conseguia nem pensar em MAIS leitura. Mas a gente pega o jeito de novo, viu? Basta um pouquinho de prática e dedicação. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suas palavras me trouxeram esperança, Camila! Obrigada (:

      Excluir
  15. Pra mim é muito difícil ter o hábito de leitura de livros, mas esse ano quero começar a ler mais, acho importante. Gostei do post ^^

    bjs

    Ariadne ♥
    De volta ao retrô | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O segredo é encontrar um assunto que a gente gosta, Ariadne! E procurar a recomendação nos blogs também, o pessoal sempre tem dicas legais (:

      Abraços!

      Excluir
  16. Oi!

    Imagino que seja realmente muito cansativo! Quando o "ler" sai da diversão e vira "obrigação", né?

    Beijos
    Gábi
    Blog @gabrielaerIg: @gabrielaer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, Gabriela! Não que eu não tenha me divertido lendo os livros da faculdade, mas... cansa rs

      Excluir
  17. Oi Lu.
    Estou caminhando para levar os livros na minha vida profissional. Sinto que posso perder um pouco do apreço a leitura, mas não me vejo fazendo outras coisas. Gostei bastante do seu post. Reflete muito meus pensamentos.
    Beijos.
    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Jéssica! É uma faca de duas pontas: de um lado as leituras cansam, mas amamos tanto que não dá pra fazer outra coisa!

      Excluir